Logotipo
  • 21 96499-7191
  • anagea@anagea.org.br
Destaques
Quais são as dores que o gestor ambiental resolve na administração pública?

Estudos e especialistas confirmam cada vez mais a importância do Sistema de Gestão Ambiental (SGA) para as empresas.

O artigo “A gestão ambiental no setor público: uma questão de relevância social e econômica” dos autores Martha Macedo de Lima Barata, Débora Cynamon Kligerman e Carlos Minayo-Gomez é um exemplo de pesquisa desse tema.

O artigo menciona as vantagens econômicas e os diferenciais competitivos que o Sistema de Gestão Ambiental traz para as empresas como:

– redução de custos;
– otimização de recursos;
– ecoeficiência;
– aumento da competitividade.

Então, será que o serviço público deve incorporar essas boas práticas e consolidar uma Agenda Ambiental na Administração Pública (A3P)?

A criação da Agenda Ambiental na Administração Pública (A3P), no final de 1999, pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA) e oficializada pela Portaria Nº 510/2002, almeja replicar boas práticas da gestão ambiental.

Algumas boas atitudes são fomentadas como reduzir, reciclar e reutilizar a quantidade de resíduos gerados, sobretudo nos escritórios. Essas ações agregam ecoeficiência, poupam recursos e eliminam o desperdício.

A implementação da A3P demanda:

  • criação de um grupo responsável pela Agenda na empresa composta por servidores de várias instituições;
  • a realização do diagnóstico da situação, identificando pontos críticos e avaliando os impactos ambientais e desperdícios;
  • a elaboração do planejamento integrado, envolvendo o maior número de colaboradores e áreas de trabalho;
  • a definição de projetos e atividades, priorizando ações de maior urgência;
  • a implementação das atividades programadas, realizando treinamentos e disponibilizando recursos físicos e financeiros;
  • a avaliação e o monitoramento do desempenho ambiental, identificando avanços e deficiências;
  • a busca de uma melhoria progressiva através da avaliação sistemática, do replanejamento, da introdução de novas tecnologias e da capacitação de funcionários.

O trecho a seguir tirada das conclusões do artigo apontam os ganhos obtidos pela A3P e pelo Sistema de Gestão Ambiental:

“As empresas e instituições do setor público, particularmente as que têm como missão direta promover o bem-estar da sociedade, deveriam ser as primeiras a tomar a iniciativa de implantar um sistema eficiente de gestão ambiental. Aos fatores sociais associados à preservação ambiental e à saúde da população, somam-se os efeitos da melhor utilização de recursos públicos, pois a ecoeficiência se fundamenta na racionalidade das decisões, na análise de custo e benefício das medidas a serem implementadas.”

Continue acompanhando nosso conteúdo para saber mais sobre o trabalho do gestor ambiental!

Logotipo
Endereço
  • Largo Sete de Setembro-52 Cj 303
  • -Liberdade
  • -São Paulo
www.tecnohosting.com.br