Category Archives: Eventos

05.06.2010 – Programação de Junho do Parque Escola conta com Palestras, Oficinas e Lazer

Também serão oferecidas atividades especiais em comemoração ao Mês do Meio Ambiente.

O Parque Escola, em Santo André, oferece mensalmente programação com cursos, oficinas e palestras. Os temas abordados nas atividades são variados, mas todos mantêm como base a discussão sobre Meio Ambiente. Biomas brasileiros, aquecimento global e Mata Atlântica fazem parte dos assuntos da programação do mês de junho.

O parque também oferecerá palestra no período noturno, dispondo de 60 vagas, a qual abordará a interação entre o ser humano e o Meio Ambiente, discorrendo sobre como estar preparado para as mudanças ambientais.

Os cursos são gratuitos e as inscrições podem ser feitas até dois dias antes do início das atividades escolhidas, pelo telefone 0800 019 19 44.

O Parque Escola preparou, em parceria com o Semasa, programação especial em comemoração ao Mês do Meio Ambiente, que será realizada no dia 16 de junho, a partir das 9h, com atividades para todos os públicos.

Confira a programação completa:

______________________________

Cursos e Palestras

Montagem de jardins em pequenos espaços

Noções básicas de paisagismo na implantação de jardins em pequenos espaços.

07, 08 e 09 de junho – 50 vagas
14h às 17h

Compostagem: Produção Orgânica de Adubos

Técnicas de como obter adubo a partir de lixo doméstico.
Com Jés Neves – Técnico do DPAV

15 e 17 de junho – 50 vagas
9h às 12h

Microbiologia ambiental aplicada no cotidiano

Relacionar a microbiologia ao cotidiano das pessoas, principalmente na botânica, mostrando a importância da mesma e enfatizando os benefícios e malefícios que os microorganismos podem trazer.

18 de junho – 50 vagas
9h às 12h

Biomas Brasileiros

Conheça as interações entre a fauna e a flora responsáveis pela formação dos ecossistemas no Brasil.

28 de junho – 60 vagas
14h às 17h

Aquecimento Global e suas Conseqüências

Causas e efeitos. Podemos fazer alguma coisa?

30 de junho – 60 vagas
14h às 17h

______________________________

Oficinas

Pintura em tela

Noções básicas de técnicas de pintura em óleo sobre tela
Sueli R. S. Pereira – Voluntária do Parque Escola

07, 14, 21 e 28 de junho
05, 12, 26 e 29 de julho

25 vagas
9h às 12h

Pintura em tecidos para iniciantes

Nina Fernandes – Voluntária do Parque Escola

10, 17 e 24 de junho – 10 vagas
14h ás 17h

Biscuit

Aprenda a confeccionar potes e bichinhos.
Neide Ap. Rodrigues – Voluntária do Parque Escola

11, 18 e 25 de junho – 15 vagas
14h às 17h

Conhecendo a Mata Atlântica

Aspectos básicos da fauna, flora e conservação

14 de junho – 60 vagas
14h às 17h

Introdução ao cultivo de bromélias

Conhecendo a família bromeliácea, suas características, distribuição, cultivo e métodos de propagação.

15 de junho – 60 vagas
14h às 17h

Oficina de cerâmica – confecção de peças em formato de folhas

Rosangela de Oliveira – Voluntária do Parque Escola

Confecção de peças utilitárias e decorativas em cerâmica de baixa temperatura, utilizando folhas verdes para dar textura e moldar.

É necessário trazer as folhas verdes de casa

17 e 18 de junho – 10 vagas
17h30 às 20h

Oficina de Papel Artesanal Reciclado

Técnicas de reutilização para reciclagem do papel.

21, 22, 23 e 24 de junho – 15 vagas
14h às 17h

Tinta de Terra

A relação com a terra; observação das suas cores e a fabricação de tintas atóxicas, de baixo custo e efeito estético

22 e 24 de junho – 50 vagas
9h às 12h

Consumo Consciente

Saiba alguns caminhos mais saudáveis e dicas para a escolha de produtos no momento da compra

25 de junho – 50 vagas
9h às 12h

Confecção de suporte para revistas com reaproveitamento de materiais

28, 29 e 30 de junho – 15 vagas
9h às 11h ou 14h às 16h

Rios urbanos

29 de junho – 50 vagas
14h às 17h

Agenda 21

Conheça a importância e as ações deste documento a respeito do meio ambiente e da qualidade de vida global.

30 de junho – 40 vagas
9h às 12h

______________________________

Palestra Noturna

Interação entre o Meio Ambiente e você

Rui Pallone – Cientista Ortobiomolecular – Voluntário do Parque Escola

O equilíbrio do Meio Ambiente e o sucesso nas dez áreas da vida humana. Saiba como viver preparado para sobreviver aos reversos climáticos, efeitos catastróficos da natureza e pandemias, contribuindo com a melhoria do planeta.

21, 22 e 23 de junho – 60 vagas
19h30 às 22h

______________________________

Atividades de Lazer:

Yoga

Todas as segundas-feiras – 17h30 às 18h30

Tai Chi Chuan

Todas as quartas-feiras – 14h às 15h

Lian Gong

Todas as sextas-feiras – 9h às 10h

FOTOS: BETO GARAVELLO/PSA

______________________________

Serviço:

Parque Escola – Programação de junho

Rua Anacleto Popote, nº 46, bairro Valparaíso – Santo André
Informações: (11) 4438-5008

Mais informações à imprensa:
Júlia Galvano e Paola Zanei

Assessoria de Imprensa
Prefeitura de Santo André
jrcgalvano@santoandre.sp.gov.br
apzbonilha@santoandre.sp.gov.br
(11) 4433-0137/0135

Acompanhe os acontecimentos da Prefeitura de Santo André no twitter:@stoandre

24.04.2010 – Esporte é qualidade de vida!

Abertura do Evento
Abertura do Evento

Aconteceu no dia 24 de abril no Parque Esportivo dos Trabalhadores a abertura da“XXII Taça Cidade de São Paulo de Futebol”, que contou com um lindo desfile das delegações participantes do campeonato, o juramento dos atletas e um festival de embaixadas, além da primeira partida do torneio.

O evento teve um número aproximado de 4 mil pessoas entre atletas, pais e professores e as mais de 100 equipes participantes deste ano.

A Taça Cidade de São Paulo valoriza também a preocupação com as questões ambientais, realizando ações educativas em parceria com a ANAGEA (Associação Nacional dos Gestores Ambientais) entre elas o plantio de árvores nos locais dos jogos feitos pelas próprias equipes participantes do torneio.

Na abertura foram plantadas 11 árvores e lançado o projeto “Taça Mais Verde” que premiará a equipe que realizar mais ações que contribuam com o meio ambiente.

O evento é coordenado pelo Gestor Ambiental Minoru Furuya.

Mãos à obra e boa sorte a todas as equipes!

25.02.2010 – Palestra no SENAC Tiradentes

Professora Tânia, Professora Rosely, Raquel, Minoru e Alexandre
Professora Tânia, Professora Rosely, Raquel, Minoru e Alexandre

No dia 25 de fevereiro, os membros da ANAGEARaquel Moraes Costa Pereira e Minoru Furuya, juntamente com o Alexandre Pereira, todos Gestores Ambientais e membros da GADES

(Gestão Ambiental para o Desenvolvimento Sustentável) palestraram para as duas turmas do curso de Técnico em Segurança do Trabalhodo SENAC Tiradentes, em São Paulo.

Visando elucidar melhor o que é a Gestão Ambiental e qual o papel do Técnico em Segurança do Trabalho dentro do Sistema de Gestão Ambiental (SGA), a palestra abordou as temáticas “o que é Gestão Ambiental”, “ISO” e “Certificação e Mercado de trabalho para o TST”.

Dos 71 alunos, 66 estavam presentes além dos docentes. A palestra teve a duração de 50 minutos e teve uma ótima repercussão.

Tanto alunos quanto professores puderam ter uma visão mais ampla sobre o que é e qual a importância da Gestão Ambiental.

Para saber mais sobre a GADES, acesse o site clicando AQUI.

01.02.2010 – ANAGEA marca presença em evento histórico


No dia 1º de fevereiro de 2010 os membros da ANAGEA Alexandre Robim (1º vice presidente), Hugo D’angelo (1º secretário), Gérson Fernandes(conselho deliberativo) e João Paulo Rodrigues (diretor de comunicação e imprensa) estiveram presentes no evento que marcou a transferência da reitoria da UNISO (Universidade de Sorocaba).

O cargo foi ocupado durante os últimos 16 anos pelo sábio e desbravador Professor Aldo Vanucchi.

A cerimônia ocorreu no salão de eventos da cidade universitária da faculdade e contou com a presença de cerca de 400 pessoas, que lotaram o local.

Ocuparam a mesa, além do Prof. Aldo, o Pres. da FDA Dom Eduardo B. de Sales, o novo Reitor Fernando de Sá Del Fiol, representando o Ministro da Educação Fernando Haddad o Assessor Parlamentar Rodrigo Lamego, o  Prefeito de Sorocaba, Vitor Lippi e o Presidente da Câmara dos Vereadores da cidade,  Marinho Marte.

Também estavam presentes o Pref. de Porto Feliz, representantes dos Prefeitos de Tatui e Itapetininga e a Deputada Maria Lucia.

Outras autoridades como juízes, promotores, delegados, OAB e associações também marcaram presença.

Em seu emocionado discurso, o professor Aldo Vanucchi quebrou o protocolo e citou o discurso que fez há exatos 16 anos, quando assumiu a reitoria da universidade.

Os membros que compuseram a mesa
Os membros que compuseram a mesa

Disse também que assumir o cargo de reitor duma universidade como a UNISO “não significa a conquista de status, e sim um compromisso que exige muita dedicação e trabalho”.

O prefeito da cidade louvou os esforços e conquistas de Aldo e ao final também pediu uma salva de palmas, o que foi prontamente atendido e feito de pé pelos presentes.

Após o comprometimento do novo reitor da UNISO, Fernando de Sá Del Fiol, o evento foi encerrado pelas palavras de Dom Eduardo Sales, que mais uma vez enobreceu as conquistas do professor Aldo durante seu mandato como reitor e reiterou a importância da continuidade do trabalho e do compromisso da UNISO em seu caráter comunitário.

Cerca de 400 pessoas lotaram o auditório para prestigiar o evento
Cerca de 400 pessoas lotaram o auditório para prestigiar o evento

Ao professor Aldo Vanucchi, nossos mais sinceros agradecimentos por sempre manter um diálogo aberto não somente aos Gestores Ambientais formados naquela universidade, mas também aos alunos e docentes de todos os cursos e disciplinas.

Ao Fernando Del Fiol, nossos sinceros parabéns e o desejo de boa sorte em sua nova jornada.

Dos alunos de lá formados e que fazem parte desta associação, o compromisso em sermos seres transformadores, de relevância para uma sociedade mais justa e equilibrada.

Parabéns, boa sorte e obrigado!

Texto e fotos: João Paulo Rodrigues

Saiba um pouco sobre o Prof. Aldo Vanucchi

Professor Aldo Vanucchi
Professor Aldo Vanucchi

Aldo Vannucchi filho de Elvira Betiole e José Vannucchi, nasceu em São João da Boa Vista no dia 24 de setembro de 1928, mas em 1932, logo ao fim da Revolução Constitucionalista, sua  família mudou-se para Sorocaba.

Ordenou-se padre em 1952, por Dom Aguirre, primeiro Bispo Diocesano de Sorocaba,  um dos fundadores da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras (FAFI), e, segundo Vannucchi, uma grande inspiração em sua vida. Iniciava-se, ali, o que chama de sua longa jornada de trabalho com e para o povo. Tanto no Brasil como na Itália, Suíça ou França, o então Padre Aldo manteve-se sempre em contato com os mais simples e com a Juventude Operária Católica, pois julga que a Igreja deve ser algo pessoal, com a comunidade realmente participante, não apenas um público passivo. “A grande lição que aprendi em 20 anos de sacerdócio é que a verdadeira Igreja é a Igreja do povo. O povo de Deus, que abrange todos, pobres e ricos, empregadores e empregados, mas que tem que ser construída a partir da realidade da massa, do povo”, diz.

No Brasil do regime militar, Vannucchi passou uma noite preso, com base em falsas acusações e devido a seu envolvimento com o operariado, sendo libertado após intervenções do clero. Em crise sobre o sacerdócio, sofre o que conta ser o maior impacto de sua vida: seu sobrinho Alexandre Vannucchi Leme é preso, torturado e assassinado pelos militares, tornando-se assim um dos mártires da luta pelo fim do regime militar.

No ano de 1963 pediu exoneração do clero, mantendo, entretanto, sua fé inabalável. Casou-se com Rosália Cortez Vannucchi, com quem tem dois filhos João Estêvão Cortez Vannucchi e Ana Maria Cortez Vannucchi. Passou a se dedicar, exclusivamente, ao ensino, como diretor e professor da Faculdade de Filosofia de Sorocaba, até que, em 1988, empenhou-se na luta para a criação da Universidade de Sorocaba (Uniso), reconhecida em setembro de 1994 e da qual foi reitor até o presente ano.

16.01.2010 – Evento ambiental na praça da matriz em Mairinque


José Rodolfo Picalho
José Rodolfo Picalho

Este dia está exclusivo para o Meio Ambiente, estarão presentes ONG S.O.S Itupararanga (Ibiúna), S.O.S Mata Atlântica (Itu), ONG AJÊ (São Roque), AHPICE (São Roque), ONG PLENU (Mairirnque), ONG AGUA (Tapiraí), NEAS- Núcleo de estudos ambientais de Sorocaba, ANAGEA- Associação Nacional de Gestores Ambientais (regional de Sorocaba), Comissão do parque Antônio Anselmo (Mairinque), Departamento de Meio Ambiente de Mairinque, Visa-vigilância sanitária(Mairinque), Departamento de Educação e Cultura de Mairinque.

Os projetos M.C.R.N – Sustentabilidade (idealizador e organizador), projeto Adote uma Árvore e Projeto Escola da Família

Dia 5 de Junho : haverá um plantio simbólico para inicio da semana da Mata Atlântica.

– Ás 9:30 horas faremos uma caminhada até o começo da Mata do Burrinho, onde mudas nativas da Mata Atlântica esperam para serem plantadas. A parte da tarde estará reservada para conscientização e paletras ao ar livre.

– Haverá troca de mudas nativas e flores por 1kg de alimento não perecível que será revertido para famílias carentes do município.

Este projeto é coordenado pelo Gestor Ambiental José Rodolfo Picalho

Seu blog é: http://mcrnsustentabilidadeingamiri.blogspot.com/

07.10.2009 – ANAGEA em viagem ao Sul do Brasil

ANAGEA em viagem ao Sul do Brasil
ANAGEA em viagem ao Sul do Brasil

No dia 07 de outubro de 2009, o 1º Vice Presidente da ANAGEA Alexandre Robim, falou aos alunos e egressos de Gestão Ambiental em um evento da Semana Acadêmica da UERGS (Universidade Estadual do Rio Grande do Sul), na Câmara Municipal da Cidade de Tapes/RS, organizada pelos alunos da instituição com a coordenação da representante do Centro Acadêmico Luana Pandolfo.

Participaram do evento mais de 100 pessoas, entre elas a coordenadora do curso de Gestão Ambiental e professores que discutiram a legislação ambiental do estado e a emissão das ARTs (Anotação de Responsabilidade Técnica) junto ao CREA daquele Estado, além de alguns projetos de lei que tramitam na Câmara dos Deputados e que irão impactar positivamente a atividade profissional dos gestores, como o PL 5825/09, que obriga a contratação de profissionais graduados ou pós graduados na área ambiental por empresas potencialmente poluidoras.

Léo Urbini em palestra na FABET
Léo Urbini em palestra na FABET

Já, última semana do mês de outubro, o Presidente da ANAGEA, Leo Urbiniacompanhado do 1º Vice Presidente Alexandre Robim, esteve no município de Concórdiano Estado de Santa Catarina, para, também, conversar sobre varias questões relacionadas a profissão com os alunos de Gestão Ambiental daFABET (Faculdade Adolfo Bósio para Educação no Transporte), além de mostrar a importância do envolvimento dos alunos nessas questões antes de saírem para o mercado de trabalho.

Alexandre Robim, Profa. Marcia De Bona, Prof. Altir, Gestora Ambiental Marni e Léo Urbini
Alexandre Robim, Profa. Marcia De Bona, Prof. Altir, Gestora Ambiental Marni e Léo Urbini

05.11.2009 – ANAGEA no lançamento do texto “Economia Verde” de Xico Graziano

xico graziano
Xico Graziano – Secretário do Meio Ambiente do Estado de São Paulo

No dia 05 de novembro de 2009, o 1º Vice Presidente da ANAGEA Alexandre Robim e o 1º Secretário Hugo D’Angelo estiveram no ITV (Instituto Teotônio Vilela) em São Paulo para prestigiar o Secretario de Meio Ambiente do Estado de São Paulo, Xico Graziano, no lançamento do texto de sua autoria: “Economia Verde – Uma visão Democrata sobre o Desenvolvimento Sustentável”, a convite do presidente do Instituto, o deputado federal Renato Amary.
O texto apresenta uma visão sobre o desenvolvimento sustentável no Brasil. Seu objetivo é contribuir com as idéias políticas em debate no país especialmente com o ideário social democrata, presente em vários partidos políticos.
Varias autoridades estiveram presentes no encontro como o ex governador de São Paulo Geraldo Alckmin, hoje secretario de desenvolvimento do Estado, para quem nosso vice presidente propôs a criação do curso de Tecnologia em Gestão Ambiental das FATECS de responsabilidade da secretaria.

28.08.2009 – Visita da ANAGEA a Sede da SOS Mata Atlântica

Membros da ANAGEA e SOS Mata Atlântica posam para foto
Membros da ANAGEA e SOS Mata Atlântica posam para foto

No último dia 28/08/2009, foi realizada na Sede da SOS Mata Atlântica na Cidade de São Paulo – Capital, o evento OPEN HOUSE (casa aberta), onde a ANAGEA (Associação Nacional dos Gestores Ambientais) esteve presente representada pelo Nosso Presidente ANAGEA Nacional: Léo Urbini, Vice Presidente: Alexandre Gomes Robim, Presidente ANAGEA Regional Sorocaba: Gerson Eli Fernandes, Vice-Presidente ANAGEA Regional Sorocaba: Luiz Carlos e pelo Conselheiro Consultivo: Minoru Furuya e demais representantes da sociedade (ONGs, Estudantes, Biólogos).

Fomos recepcionados pela Relação Públicas da SOSMA: Vania Schoemberner que, em um breve resumo descreveu os inúmeros projetos que a SOSMA vem realizando no bioma Mata Atlântica entre os quais: Porteira aberta (Itu), Atlas da Mata Atlântica, Clickarvore, Projeto Itinerante, Programa Lagamar (Iguape), Mata Atlântica vai a escola, entre outros.
Na sequência conhecemos vários profissionais envolvidos com os projetos que explanaram sobre como são levantados os recursos para que os projetos sejam realizados, tendo sempre em vista a contra partida que cada patrocinador ou colaborador tem com a questão ambiental e social.
A diretora de Gestão de Conhecimento Márcia Makiko Hirota salientou a importância do projeto Atlas da Mata Atlântica, considerando a importância que as informações coletadas em parceria com o INPE vai proporcionar para a sociedade, uma importante ferramenta de diagnóstico do que está acontecendo de fato com a Mata Atlântica.
Mario Cesar Mantovani, diretor de Mobilização, lembrou as inúmeras ações que a SOSMA vem realizando nos últimos anos, salientando que a tarefa é árdua mas que a missão da SOSMA é proporcionar através de seus projetos ao menos uma sociedade melhor e conseqüentemente um Meio Ambiente mais promissor para todos.

01.06.2009 – ANAGEA na Semana do Meio Ambiente 2009

À mesa: José Ramos Dir. Inst. ANAGEA, Alexandre Robim Pres. ANAGEA, Prof. Carlos Eduardo Mattos Coord. Curso de G.A. UNIFEV - Votuporanga e Hugo D'angelo - 1º Secretário ANAGEA
À mesa: José Ramos Dir. Inst. ANAGEA, Alexandre Robim Pres. ANAGEA, Prof. Carlos Eduardo Mattos Coord. Curso de G.A. UNIFEV – Votuporanga e Hugo D’angelo – 1º Secretário ANAGEA

Após abrir a Semana de Meio Ambiente da Universidade de Sorocaba (UNISO) no dia 01 de junho de 2009, que contou com a participação de alunos do curso de tecnologia em gestão ambiental, engenharia ambiental, engenharia da produção e tecnologia em logística, os membros diretores liderado pelo Presidente Int. Alexandre Robim, Diretor Institucional José Ramos de Carvalho, 1º Secretário Hugo D’ Ângelo e o Diretor de Formação Política Sócio-ambiental Emerson Luiz do Nascimento iniciaram uma viagem que cortou o Estado de São Paulo rumo a Cidade de Cuiabá no Estado do Mato Grosso – mas antes fizeram uma parada para apresentar a ANAGEA aos alunos do curso de tecnologia do Centro Universitário de Votuporanga (UNIFEV), para falar sobre as questões que envolvem a carreira como a regulamentação profissional, o mercado de trabalho e o registro profissional, além de estudar a futura fundação de uma sede da associação naquela região.

Presidente Alexandre Robim discursando em Votuporanga, com os membros responsáveis pela visita a Capela do Alto no slide ao fundo
Presidente Alexandre Robim discursando em Votuporanga, com os membros responsáveis pela visita a Capela do Alto no slide ao fundo

Seguindo caminho em um percurso com mais de 1.600 km, os gestores ambientais puderam observar aspectos importantes da paisagem brasileira a partir da cidade de São Paulo, com um panorama urbano de uma megalópole, seguida pela paisagem da zona de transição de Mata Atlântica para o Cerrado em Sorocaba e da bela Serra do Japi em Jundiaí, até os grandes sertões dos Estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, hoje quase todo ocupado pela monocultura da soja, milho, cana-de-açúcar e algodão, além do rebanho bovino.

Finalmente chegando a Cuiabá onde o 1º vice presidente Fransueldo Pereira se juntou ao grupo, também falaram aos alunos de gestão ambiental e técnicos em meio ambiente do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Mato Grosso das questões pertinentes a profissão e arregimentando mais membros para o movimento.

A viagem teve também como objetivo uma visita a Fazenda Buriti, localizada no Parque Nacional da Chapada dos Guimarães à 50 km de Cuiabá com a intenção de estudar uma parceria entre a ANAGEA e a Fundação Buriti presidida pelo Pr. José Henrique Cordeiro, para desenvolver projetos de ecoturismo voltado a profissionais e estudantes da área ambiental interessados em pesquisar o bioma Cerrado e suas belezas.

Fica aqui os nossos agradecimentos ao Prof. Carlos Eduardo de Mattos – coordenador do curso de gestão ambiental da UNIFEV (Votuporanga), e também ao Prof. Marcelo, coordenador do curso de gestão ambiental do IFTMT, ao colega Renato Cerqueira e os alunos das universidades visitadas, e um agradecimento especial ao Pr. Henrique que nos recebeu com grande carinho na Fazenda Buriti.